RSS Facebook Twitter

Vida Alheia

por Lorena Alcantara no dia 18 de Jul de 2014 às 18:10 em Vida Alheia

comentários

A boa da sexta: vítima de bullying cria projeto gráfico sobre aceitação do próprio corpo
Foto: Reprodução / Site Negahamburguer
A artista paulista Evelyn Queiróz, de 24 anos, não imaginou a dimensão que o seu trabalho teria quando começou a grafitar. A boa desta sexta-feira (18) vai mostrar o projeto que ela desenvolveu para denunciar a opressão e o preconceito que as mulheres sofrem, principalmente, aquelas que não fazem parte do padrão estético estipulado pela sociedade e normatizados pela mídia. A personagem criada por Evelyn, Negahamburguer, dá voz a milhares de mulheres, através de desenhos que retratam a violência de gênero e os preconceitos consequentes de um padrão estético impregnado na mente da sociedade.

Em entrevista ao Metro1, Evelyn disse que começou a desenhar desde que se entende por gente. "Sempre gostei de desenhar, só descobri depois que poderia usar isso como forma de protesto", afirmou. Questionada por qual motivo começou a fazer os desenhos, Evelyn nos revelou que já sofreu bullying no colégio e teve "uma noção do que é ser fora do padrão".  "Eu mesma já fui vítima de bullying no colégio. Então vi na minha arte, uma forma de me expressar. Sou a favor de tudo que é natural, e a partir do momento em que percebi que a sociedade aonde eu vivo é preconceituosa e padronizada, quis quebrar esse paradigma", contou.

O seu trabalho, como ela mesma nos disse, pretende "disseminar a autoaceitação, a valorização de um corpo normal e lindo sim, independente de seu formato". Afinal, "ser feliz é o objetivo".

Assista ao vídeo abaixo e conheça mais um pouco da história de Evelyn Negahamburguer:




 

Vídeo



comentários

por Lorena Alcantara no dia 17 de Jul de 2014 às 17:10 em Vida Alheia

comentários

Homem usa photoshop para retirar black power e conseguir visto
Foto: Leitor Metro1 / Jorge Vieira
Assim como a jornalista Lília de Souza, de 34 anos, que foi impedida pela Polícia Federal de tirar a foto para o passaporte, devido ao seu penteado não ser aceito pelo sistema, o servidor da Defensoria Pública da União (DPU), Jorge Vieira, passou pela mesma situação constrangedora.

No entanto, no caso de Jorge, o problema não foi no sistema da Polícia Federal, e, sim, da embaixada americana em Recife. Segundo Jorge, em maio de 2012, ele tentou postar sua foto no formulário DS - 160 -- necessário para a solicitação de visto temporário --, e o sistema o impediu de registrar a foto, por conta do seu cabelo black power.

Como forma de resolver o problema, Jorge foi a uma gráfica para editar a foto e tentar colocá-la no documento. Assim como está nas imagens que nos enviou e como se não bastasse todo o constrangimento, a solução encontrada para que sua foto pudesse ser aceita foi, literalmente, cortas as pontas do seu cabelo em um photoshop, para que não parecesse ter o cabelo black power.

comentários

por Lorena Alcantara no dia 15 de Jul de 2014 às 18:40 em Vida Alheia

comentários

Saindo do armário: vídeo mostra histórias de homens que assumiram homossexualidade
Foto: Reprodução / YouTube
O último vídeo do "Põe na Roda", no YouTube, com certeza vai matar algumas curiosidades de muita gente. O vídeo "E fora do armário?" conta a experiência de 4 jovens, homossexuais, e revela como eles se deram conta de que eram gays, a reação dos pais quando souberam, dos amigos, e por aí vai. Além de contar como é viver fora do armário, o vídeo põe na roda uma discussão que está sempre à tona: a aceitação.

"Eu nunca precisei me assumir. Eu acho pejorativo até o termo de você falar que você se assume, porque assumir parece que é uma coisa que você fez de errado e tem que falar", disse Guilherme Barros, de 32 anos.

Na maioria dos depoimentos e surpreendentemente, a grande preocupação dos pais quando souberam da orientação dos filhos, era o mundo que eles teriam de enfrentar fora de casa, com uma sociedade cheia de preconceitos e visões estagnadas.

"Estar fora do armário é você se aceitar como você é", disse Alberto Pereira Junior, de 27 anos. "O negócio não é bater de frente, mas também não é se esconder", ressaltou Guilherme.

Os meninos mostram que sair do armário tem, sim, seu lado positivo.

Confira o vídeo abaixo:




 

Vídeo



comentários

por Lorena Alcantara no dia 10 de Jul de 2014 às 18:52 em Vida Alheia

comentários

Prometeu e cumpriu! Datena apresena "Brasil Urgente" de cueca
Foto: Reprodução / Band
Prometeu e cumpriu! O apresentador José Luiz Datena falou, antes da partida entre Brasil e Alemanha na última terça-feira (8), que se a seleção brasileira não ganhasse o jogo, ele apresentaria o "Brasil Urgente" apenas de cueca. Com a derrota para a Alemanha, Datena apresentou o programa nesta quinta-feira (10) como prometeu.

"Ele disse que podia escalar quem quisesse e não é assim. Perdemos por causa do Felipão e ele sabe disso, tanto que assumiu a culpa. Deixou toda a população brasileira de cueca e eu, que tenho palavra, cumpro o que prometi", disse o apresentador, usando uma cueca samba-canção com as cores da bandeira da Alemanha.

comentários

por Felipe Paranhos no dia 07 de Jul de 2014 às 13:39 em Vida Alheia

comentários

"Todo mundo quer a riqueza americana e os direitos dos europeus ocidentais. Uma hora o mundo explode", diz Pondé
Foto: Divulgação
O filósofo Luiz Felipe Pondé concedeu entrevista à Rádio Metrópole nesta segunda-feira (7), quando falou sobre seu novo livro, "A Era do Ressentimento: uma agenda para o contemporâneo". Pondé, que também é comentarista da emissora e colunista da Folha de S. Paulo, resgata a psicologia nietzschiana do ressentimento para discutir a civilização atual, que considera ser formada por pessoas que não conseguem ouvir críticas sem julgá-las como ofensa pessoal.

"A categoria de ressentimento deveria sofrer mais atenção na análise da crítica social do que somente a luta de classes. Faz parte da lógica de insustentabilidade geral do mundo: todo mundo quer viver com a riqueza americana e os direitos dos europeus ocidentais. Uma hora a sociedade estoura e o mundo explode", disse.

"Se a gente conseguir desnudar o ressentimento, dar nome, dizer onde mora, dar o seu RG, o CPF, o endereço, o email... Se a gente localiza no tempo e no espaço, pode entrar na agenda de temas que temos de ficar atentos. Se ruir todo esse luxo, a gente acaba obrigado a ser menos ressentido. O ressentimento que a gente fala funda religiões. O empobrecimento geral da sociedade seguramente reduziria o ressentimento, esse ressentimento baseado em benefícios materiais. Mas é claro que ninguém em sã consciência vai desejar o empobrecimento da sociedade. Então, é um beco sem saída", completou.

Ouça a entrevista completa abaixo:
 

Áudio:



"Todo mundo quer a riqueza americana e os direitos dos europeus ocidentais. Uma hora o mundo explode", diz Pondé

comentários

por Felipe Paranhos no dia 29 de Mai de 2014 às 14:28 em Vida Alheia

comentários

Com criatividade, Netflix dribla proibição de falar da Copa e se põe como alternativa
Foto: Reprodução/YouTube/Netflix Brasil
O Netflix, serviço digital de filmes e seriados em streaming, arranjou uma maneira muito criativa de falar da Copa do Mundo driblando a proibição da Fifa às empresas que não são patrocinadoras do Mundial. Uma artimanha semântica serviu para que a empresa falasse de "Copa" referindo-se à copa -- aquele cômodo próximo à cozinha. O resultado é hilário.

A campanha tem como objetivo se colocar como alternativa à febre futebolística que vai se instaurar no Brasil entre 12 de junho e 13 de julho. Como a audiência do Netflix tende a cair durante o período, o serviço se posiciona como alternativa para aqueles que não curtem o esporte ou que estão mobilizados na luta contra a realização do Mundial.

Confira um dos vídeos da campanha:


 

Vídeo



comentários

por Carolina Lemos no dia 29 de Mai de 2014 às 14:15 em Vida Alheia

comentários

Jornalista agride Brad Pitt durante estreia de 'Malévola' nos Estados Unidos
Foto: Agência Reuters
Momentos antes da estreia do filme "Malévola" na quarta-feira (28), protagonizado por Angelina Jolie, o ator Brad Pitt recebeu um soco no rosto enquanto dava autógrafos. Na ocasião, um homem passou pela barreira de segurança no cinema 'El Capitan' e atacou o ator, segundo informações da Folha de S.P. No entanto, Pitt e sua mulher não se abalaram com a confusão.

De acordo com o jornal "Los Angeles Timer", a polícia prendeu o suspeito identificado como Vitalii Sediuk, um jornalista de televisão ucraniano que ganhou notoriedade pelos incidentes com celebridades. Ele já invadiu o palco durante o discurso de aceitação do Grammy pela cantora Adele, abraçou o ator Leonardo DiCaprio pela cintura em um festival de filmes em Santa Barbara e  foi estapeado pelo ator Will Smith após beijá-lo em um evento em Moscou.

O jornalista terá que pagar uma fiança de U$S 20 mil para sair da cadeia.

comentários

por Matheus Morais no dia 22 de Mai de 2014 às 13:09 em Vida Alheia

comentários

Machismo? Heineken lança liquidação de sapatos na hora da final da Liga dos Campeões e causa polêmica
Foto: Reprodução
Uma campanha publicitária da cervejaria Heineken tem gerado polêmica entre as mulheres pelo seu suposto teor machista. Para garantir que homens comprometidos ganhem uma 'folga' de suas namoradas e assistam a final da Liga dos Campeões da UEFA nesta sábado (24), a marca vai lançar uma liquidação de sapatos femininos, nas lojas da Shoestock, com descontos de até 50%.

"O objetivo é fazer uma campanha divertida e diferente de tudo que já fizemos no Brasil. Para isso, a 'Heineken Shoe Sale' será comunicada com bom humor no ambiente digital, entre teasers, e-mail marketing e filme", disse Bernardo Spielmann, diretor da Heineken Brasil, ao site AdNews.


A campanha da 1ª Heineken Shoe Sale está no ar a partir desta quarta-feira (21) no You Tube, na ESPN e no Esporte Interativo. Pelo menos nas redes sociais, a recepção por parte das mulheres não parece nada boa. A Heineken entrou nos Trending Topics do Twitter por conta das acusações de machismo e das críticas ao estereótipo de gênero.





 

Vídeo



comentários

por Suzana Berg no dia 20 de Mai de 2014 às 19:35 em Vida Alheia

comentários

ACM Neto e João Henrique tiram foto em jantar de apresentação do novo layout de site
Foto: Reprodução/Alô Alô Bahia
Um belo encontro foi registrado durante o jantar de apresentação do novo layout do Alô Alô Bahia. ACM Neto, prefeito de Salvador, posou ao lado do joalheiro Carlos Rodeiro e o badalado João Henrique. Vale lembrar que as multas aplicadas pelo TCM ao ex-prefeito somam o valor histórico de R$ 970 mil. Dizem que foi sorriso amarelo para todo lado.

comentários

por Matheus Morais no dia 18 de Mai de 2014 às 18:56 em Vida Alheia

comentários

Ivete Sangalo recebe homenagem da FAB e vira madrinha de aeronave
Foto: Reprodução/TV Bahia
A cantora Ivete Sangalo é a mais nova madrinha da Aeronave de Patrulha P-3AM, do Esquadrão de Patrulha Marítima Orungan da Força Aérea Brasileira (FAB). Ela recebeu a homenagem no sábado (17), na Base Aérea, quando inaugurou uma pintura estilizada no "nariz" da aeronave. "Essa manhã foi de alegria para mim. Desde criança eu tenho uma adoração de carinho pela força aérea. Cheguei aqui de uma forma honrosa, de uma forma tão especial, estou emocionada mesmo e feliz de vocês terem me escolhido como madrinha, especialmente quando nós estamos prestando serviço ao nosso país, à nossa pátria", disse a cantora em entrevista ao R7.

"E saber que estou ali no avião junto com vocês, trazendo um pouco de alegria ou até uma memória afetiva de bons momentos, me deixa muito lisonjeada. É  uma honra e, sem dúvida nenhuma, um mérito em minha carreira. Eu falarei disso por onde eu for como forma de me exibir e de dizer eu também sou madrinha do P-3AM", completou.

comentários

por Lorena Alcantara no dia 16 de Mai de 2014 às 19:35 em Vida Alheia

comentários

A boa da sexta: jovem tem apoio da família ao assumir mudança de gênero
Foto: Reprodução / iGay
Ele nasceu menina, virou menino, mas namora um menino. Ficou confuso? Talvez seja confuso para muitas pessoas, mas não para a família de Arthur.

"Mãe, tirei zero na prova de História porque escrevi o meu nome social e não o de registro. A professora disse que eu tinha rasurado", contou Arthur Fernandes Alves, segundo reportagem do iGay.

Arthur tem 13 anos, mora em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, e ainda enfrenta situações como essa no dia a dia. Mas, o jovem não se deixa abater.

A boa desta sexta-feira (16) traz uma história que vale a pena ser contada para todos que ainda têm qualquer tipo de preconceito contra homossexuais e transexuais.

Nascido menina, Arthur percebeu que havia algo de diferente nele aos 4 anos. "Sempre gostei de andar com os meninos, o melhor presente que ganhei na minha vida foi uma pista de carrinhos", revelou. Todavia, ao contrário de muitos, o jovem teve a benção de nascer em um ambiente livre de preconceitos.

"Nós víamos que ele não gostava de boneca, de coisas cor-de-rosa. Aí eu dizia para quem quisesse dar presente que desse roupa para ele", conta a mãe do jovem, Juliana da Silva Fernandes, de 37 anos. No entanto, mesmo com o apoio dentro de casa, Arthur teve de enfrentar o preconceito de frente quando alcançou os 7 anos, quando cortou os cabelos bem curtos e passou a sofrer agressões repetidas de uma colega de escola. "Ela me batia e falava que menina tinha que gostar de rosa e ter cabelo comprido", contou Arthur.

Mesmo com acompanhamento psicológico, Arthur não conseguiu se abrir e revelar o que o afligia. Juliana viu que era o caso de ter uma conversa definitiva com o filho. "Foi mais de uma hora conversando. Quando ele me falou que o segredo era a identidade de gênero, fiquei aliviada. Eu tinha medo que fosse algo ruim, que ele tivesse sido abusado sexualmente", explica.

O alívio após a conversa foi tanto que o adolescente saiu do quarto sem o nome feminino com o qual foi batizado e inspirado no vocalista do My Chemical Romance, Gerard Arthur Way, ele escolheu ser chamado de Arthur. Assumindo a identidade masculina, Arthur mudou o guarda-roupa, adotou camisetas de banda como seu uniforme e passou a usar uma faixa elástica para esconder os seios.

O namorado de Arthur tem o carinho de toda a família. "Ele é um amor, não tenho do que reclamar. Infelizmente, temos tido alguns problemas com a família dele, mas nem todo mundo lida bem. Com o Arthur, a gente sabe que tem um preconceito duplo, porque além de transexual, ele é gay", conta a mãe do menino. "Minha avó de 85 anos, que é bisa do Arthur, disse uma única coisa sobre o assunto: 'Menino ou menina, o amor é o mesmo'", relata Juliana.

A boa dessa sexta tem o intuito de alertar às pessoas a terem respeito com os outros. Apenas respeito. É o que todos e todas querem, exigem e merecem. A história de Arthur também serve para lembrar que neste sábado (17) é o Dia Mundial Contra a Homofobia e que também se comemora um ano em que foi permitida a união entre pessoas do mesmo sexo ou união homoafetiva.

Fonte: iGay

comentários

por Pedro Enrique Monteiro no dia 06 de Mai de 2014 às 10:43 em Vida Alheia

comentários

Menção à palavra "cheiro" faz Alinne Rosa brincar sobre passado: "Tá amarrado!"
Foto: Tácio Moreira/ Metropress
A saída de Alinne Rosa dos vocais da banda Cheiro de Amor não foi das mais amigáveis. A falta de autonomia da cantora e as dificuldades com os empresários foram um dos motivos que causaram a saída da cantora após 10 anos na banda. A última apresentação de Alinne pela banda foi no Carnaval 2014, quando passou o vocal para a cantora Vina Calmon. "Não me arrependo nada. Teve momentos bons e momentos ruins, mas eu tiro tudo como lição", disse.

Durante entrevista ao apresentador Zé Eduardo, da Rádio Metrópole, Alinne contou sobre a sua trajetória na banda: "Quando eu entrei no Cheiro foi um susto porque eu não tinha noção de nada. Então eu aprendi tudo na estrada, errando, acertando, ouvindo e não ouvindo. Foi trabalhando e vivendo que eu aprendi tudo isso aí nesses 10 anos. Marcou minha vida. Foi uma transformação. Acontece tudo em dez anos. Coisas boas e coisas ruins. Além da banda tinha pessoal do escritório, empresários e fins. Hoje eu só penso nas coisas positivas".

Com a primeira música solo 'Complicamos Demais' na trilha sonora da novela 'Em Família', da Rede Globo, a cantora disse não ter medo do futuro e disse que agora, em carreira solo, está feliz. "Não tenho medo do fracasso, tenho medo de não ser feliz. Gosto de liberdade. Não era minha carreira, era a carreira da banda Cheiro", afirmou a cantora. Durante a despedida do programa Jornal da Bahia no Ar, Alinne respondeu brincando à despedida de Zé Eduardo que a desejou "um beijo e um cheiro". "Tá amarrado", respondeu a cantora.

Ouça a entrevista completa:
 

Áudio:



Menção à palavra "cheiro" faz Alinne Rosa brincar sobre passado: "Tá amarrado!"

comentários

por Pedro Enrique Monteiro no dia 06 de Mai de 2014 às 10:09 em Vida Alheia

comentários

Alinne Rosa fala sobre início de carreira e dificuldades: "Não tinha dinheiro pro buzu"
Foto: Tácio Moreira/Metropress
O Carnaval 2014 marcou uma nova fase na carreira da cantora Alinne Rosa. Após comandar os vocais da banda Cheiro de Amor por dez anos, a artista partiu em carreira solo e com novos projetos à frente. Há dois meses nesta nova etapa, a cantora conversou com o apresentador Zé Eduardo na manhã desta terça-feira (6), durante o Jornal da Bahia no Ar. Ela falou sobre a sua trajetória na banda de axé e o novo rumo na vida.

Alinne contou sobre a dificuldade para se estabelecer em Salvador e a ajuda que teve de amigos que fez na cidade: "Quando cheguei aqui, não tinha onde morar e tem pessoas que eu tenho na memória e guardo para sempre. Me ajudaram muito". Ela falou do seu início de carreira, quando começou na banda de forró Flor de Maracujá. "Carlos Neto foi o primeiro cara que fez teste comigo. No dia que eu fui fazer o teste, eu morava na Carlos Gomes e não tinha dinheiro para ir pro teste. E aí eu fui de carona. Fiz um teste, fiz outro, aí entrei na banda, comecei na música e não parei mais", contou à Metrópole.

comentários

por Suzana Berg no dia 02 de Mai de 2014 às 16:56 em Vida Alheia

comentários

Abraão Brito é aguardado na porta da Metrópole
Foto: Ana Paula Bispo / Metropress
Ansioso para o encontro semanal com Abraão Brito, o amigo do radialista chegou mais cedo na 'radinha', nesta sexta-feira (2), para levá-lo ao município de Dias d'Ávila, onde mora sua família. Até chegar à popular "Cidade das Águas", o mimoso animal de Abraão cumpre uma longa jornada com o apresentador. No entanto, amigos próximos à dupla afirmam que o caminho é longo, mas não é árduo, pois a relação dos dois se trata de uma linda e fiel amizade.

comentários

por Lorena Alcantara no dia 28 de Abr de 2014 às 17:40 em Vida Alheia

comentários

Contra a homofobia, gays produzem vídeo satirizando estereótipos; assista
Foto: Reprodução / YouTube
Um grupo de homens homossexuais gravou um vídeo satirizando os estereótipos criados pela sociedade para os gays, provando que a homofobia, muitas vezes, está impregnada em uma visão que se baseia em generalizações incorretas.

Nas imagens, eles mostram que não é porque têm a mesma preferência sexual que seguem um mesmo estilo de vida, usam as mesmas roupas, têm os mesmo gostos musicais, enfim, provam que possuem personalidade.

O vídeo faz parte do canal no YouTube "Põe na Roda" e mostra gays que gostam de futebol, fazem coreografias, cantam música pop ou simplesmente odeiam tudo isso.

O trabalho feito é uma proposta que usa o humor para falar de um assunto sério, abordando toda a variedade que existe entre os seres humanos, independente da orientação sexual de cada um.

Assista o vídeo abaixo:



 

Vídeo



comentários

Página 1 de 270
BUSCA
Rádio Metrópole
escute ao vivo Escute pelo Media Player Escute pelo Itunes
Seta Jornal da Cidade 2ª Edição 17h00 às 19h00
Baixe os aplicativos da Rádio Metrópole
MK ENTREVISTA
22/07/2014
Osvaldo Barreto
Secretário de Educação do Estado
18/07/2014
Salomão Amaral Viana
Juíz do Tribunal Regional Eleitoral
18/07/2014
João Ubaldo Ribeiro
Homenagem ao Escritor e Jornalista - Entrevista no Na Linha
NEWSLETTER
Grupo Metrópole
© Copyright 2013 Rádio Metrópole - Em Salvador, ouça a Rádio Metrópole 101.3 FM e 1290 AM Telefone: 71 3505 5000 | Fax: 71 3505 5040